Pular para o conteúdo

Alterações feitas em ambientes Microsoft 365

Descubra quais alterações são feitas no seu ambiente Microsoft 365 quando você se conecta ao Sophos Mailflow.

O Sophos Mailflow protege as caixas de correio dos usuários do Microsoft 365 (anteriormente Office 365). Usamos os comandos do PowerShell e as APIs do Graph da Microsoft para criar regras de fluxo de e-mail em seu ambiente Microsoft 365. Essas regras encaminham as mensagens do Microsoft 365 para o Sophos Mailflow para verificação e, em seguida, as retorna.

Depois de configurar o Sophos Mailflow, você pode entrar no centro de administração do Microsoft Exchange para ver os aplicativos, conectores e regras que criamos. Consulte Centro de administração do Exchange.

Para saber mais sobre as regras de fluxo de e-mail da Microsoft (também conhecidas como regras de transporte), consulte Regras de fluxo de email (regras de transporte) no Exchange Online.

Quais alterações são feitas?

Quando você configura um novo domínio para o Sophos Mailflow, fazemos o seguinte em seu ambiente Microsoft.

  1. Você é solicitado a fazer login no seu domínio do Microsoft 365 para confirmar que o possui.

    A conta que você usar para o login deve ter a função de administrador global no seu domínio Microsoft.

  2. Sincronizamos as caixas de correio, os usuários e os grupos no seu domínio Microsoft com o Sophos Central.

  3. Criamos um aplicativo no seu domínio do Microsoft 365 chamado “Sophos Email Mail flow”.
  4. Você é solicitado a conceder permissões para o aplicativo, para que ele possa gerenciar as regras de fluxo de e-mail.
  5. Criamos conectores de entrada e saída para o Sophos Mailflow.
  6. Criamos regras de fluxo de e-mail que usam os conectores para redirecionar as mensagens de entrada e saída para o Sophos Mailflow.

As permissões concedidas não expirarão. Você pode revogá-las, se precisar, por meio do centro de administração do Microsoft Exchange. O Sophos Mailflow para de funcionar se você as revogar.

Sophos Mailflow e Proteção pós-entrega

Se você usar o recurso de Proteção pós-entrega no Sophos M365 Security, criaremos um segundo aplicativo no Microsoft 365. Ele tem permissões diferentes e usa a API do Graph para colocar mensagens suspeitas em quarentena.

Se você não estiver usando a Proteção pós-entrega, não criaremos esse aplicativo.

Voltar ao topo